Postagens

O que se sente mas não se divide

Falar de amor é mais fácil do que da dor? Depende. Falar de amor pode parecer mais fácil pois quando enchidos de felicidade, se fala pelos cotovelos. E quando sentindo dor, não se fala, se cala ou muge ou agride. E no mundo se é esquecido que quando ocorre a perda de alguém ou algo, toda a família o sente. Cada qual com seu jeito, cada qual na sua forma, mas a dor em si é proveniente do mesmo ponto, mas divergente no estado latente que fica e na vida que procede. Ao perder algo, que na maioria dos casos não é perda, nem abandono, nem nada, apenas uma transição, mudança de comportamento, pois perder de fato ninguém perde nada, ocasiona uma dor pela obrigatoriedade de aprender, da forma certa ou não, a viver o que nem se pronunciava. Falar de dor deveria ser mais fácil, pois em um mundo ao qual ainda ocorre mais agravantes para evoluirmos do que a bondade para sermos felizes, a dor não deveria ser um assunto escuro, omisso, jogado para debaixo do tapete. Há quem o use como muleta até por ser …

A morte que chama a vida

Quantas pessoas que podem dizer que quando alguém tenha atingido seu sonho, tenha deixado esta terra e partido para a pátria espiritual? Ou quando sentindo na alma que em breve irá partir, seus desejos envolvem questões que durante décadas foram escondida ou enganada ou desfeita e pedem por uma oportunidade em resolver o que por tanto tempo foi chamado de insolúvel devido as paixões carregadas no peito, devido ao orgulho que mancha nosso espírito, a vaidade que faz sombra em nossa moral. E são estes casos que devemos tomar como exemplo de vida, não aguardar o momento de passagem para acertar o que deve ser acertado. Fazer e resolver o que é devido de nossa parte. Não perder oportunidades de anos de vida e perder para a abreviação da 'morte' para largar o que nem nos pertence. Para neutralizar o ódio, transformar a indiferença em amor, e cultivar o quanto possível boas sementes. Arar a terra para deixar um legado de exemplo de conduta e realizações duráveis, que não serão desfeit…

Bom vs Mau

O que é ser bom e o que é ser mau?
Até então achava que quem era mau, era o que fazia coisas más. Assim como quem era bom fazia coisas boas.
Porém, ainda bem que na busca do conhecimento nos abrimos a aprendermos cada vez mais e espero que sempre quando for necessário.

"Mau é quando queremos o bem apenas para nós mesmos. Bom é quando queremos o bem para nós mesmos e para os outros."

Simples assim.
Anotado!

Já é passado da hora em sermos bons e assim permanecermos bons. Conquistar nosso intelecto e firmá-lo como parte de nosso ser.

Boa vontade

Grande parte ou tudo, pode-se dizer baseia nessa ação ou sentimento ou detalhe.
Ter boa vontade para acordar... sim, isso deve ser visto desde muito cedo.
Ter boa vontade para agradecer a noite de sono bom ou não. Afinal quem define meu sono sou eu.
Ter boa vontade para se arrumar, se lavar, tomar café da manhã em companhia da família.
Ter boa vontade em ir trabalhar. Já gerando uma energia positiva para o dia.
Ter boa vontade de trabalhar. Pois ninguém merece cara feia no local ao qual passa-se muito tempo do dia, semana, mês, ano, da vida...
Ter boa vontade em socializar. Ninguém é obrigado a se relacionar, porém viver em sociedade já é uma obrigação.
Ter boa vontade em cumprir com as obrigações de vida. Pagar contas, fazer compras, arrumar a casa. Ter boa vontade em agradecer de novo por ter um emprego, uma família, uma casa, saúde.
Ter boa vontade em se relacionar com os amigos, já que é de nossa escolha com quem dividir a vida.
Ter boa vontade em se relacionar com a família. Prim…

Planejamento

Quando se planeja alguma coisa, normalmente pensamos de forma quadrada pois achamos que temos o controle e sabedoria das pessoas e suas ações. E deliciosamente vem a vida e nos mostra que ela é redonda.
Ainda que possamos ver o círculo, nem sempre, possivelmente quase nunca enxergamos o adiante do hoje, foi sendo um círculo, é como a curva de uma rodovia que pouco ou quase nada se consegue ver.
Pois é, essa é a vida. E tudo bem... é bom sermos surpreendidos, pois isso é a vida a nos ensinar. E tudo bem... pois mostra que estamos no nosso propósito em aprender.
Problema seria, e é, quando não aceitamos do pouco controle que temos, o que é conhecido que é apenas de nós mesmo e olhe lá. Pois quantas vezes ainda perdemos esse controle que só a nós é dado a responsabilidade em conduzi-lo? O engano está em achar que controlamos a reação ou ação do outro. E que ele é responsável pela nossa. Que inteiro engano meu caro, minha cara. É completamente ao contrário... somos portadores exclusivamen…

"Eu amei te ver."

Imagem
O que ampara a alma?
A calma ou a palma?

O que alimenta o corpo?
O copo ou o poço?

O que alimenta o amor?
O odor ou o divisor?

O que alimenta o tesão?
A flexão ou a reflexão?

Sim, por um lado a compreensão, por outro a confusão.
Sim, por um momento a calmaria, por outro o tormento.
Sim, por hora a dúvida, por outra nem dúvida nem certeza.
Sim, por hoje a pergunta, por amanhã outra pergunta.
Sim, por esta vida uma melhora, e pelas demais, também.