sábado, 24 de junho de 2017

Independência moral

Quando não mais desejarmos ter os homens ao nosso lado como homens, em sua virilidade e proteção, mas o enxergarmos como espíritos irmãos em evolução como nós, aprenderemos a amá-los verdadeiramente e ajudá-los em sua caminhada, ao invés de tratá-los como filhos que precisam de cuidados por vezes em demasia para que nossos corações sintam-se completos com sua presença. Ao invés de lhes amar pelo simples fato de ser o amor a resposta para tudo e para todos. 
O amor não pode ser individualizado, é necessário pluralizá-lo em todos os pólos de nosso orbe e transgredir as barreiras do egoísmo na busca incessante do bem.

Chega a hora que entendemos que não mais são problemas a serem resolvidos, mas seres que precisam de ajuda e esses momentos oportunos devem ser aproveitados para nos nutrirmos do bem que fazemos.

terça-feira, 13 de junho de 2017

Ser cristão é diferente de estar cristão

Hoje estou mulher, filha, irmã, sobrinha, prima, cunhada, tia, esposa... necessariamente nesta ordem.
Também estou síndica! Rapaiz... que treino, que aprendizado e que estudo do comportamento humano.
Agora passo a compreender as lutas diárias que nossos mentores/guias/anjos da guarda travam diariamente para que possamos nos elevar, buscar harmonia em nossa vida, para alcançarmos a felicidade.
Comparativamente é muito próximo um condomínio da sociedade que desejamos que melhore. Porém sempre é o mesmo fator que nos move ou nos detém, que damos apoio ou falamos mal.
Poucos olha para o conjunto, para a harmonia. Por vezes acham que o local aonde moram é apenas da porta para dentro. E tudo o que envolve os outros, é problema dos outros e não seu.
Se a situação lhe foi favorável, agradecem, mas se não, xingam. Não pensam no coletivo, no que for melhor para mim, tem que ser para o outro também, sem privilégios ou preconceitos.
E há aqueles que entendem, que favorecem a comunicação, há aqueles que só vendo para crer, há ainda aqueles que nem vendo acreditam, há os que nem chance lhe dá de mostrar, dialogar, apenas reclamam e saem como se as regras (que sempre foram as mesmas) tivessem sido alteradas; e os que nada, simplesmente nada fazem. Mas pior ainda aqueles que tentam a todo instante atacar, cutucar, fofocar, puxar o tapete, desestabilizar, aproveitar a ignorância alheia para praticar o mal.
Rapaiz!!! Que aventura... e ainda bem que mesmo antes do começo (há mais de 10 meses atrás) que uma voz sempre me disse e repito, não sou síndica, estou. Pois com certeza, este treino de tolerância diária que é um desafio, não conseguirei levar mais adiante por muito mais tempo. Haverá a hora que terei que me afastar para descansar, recuperar o fôlego, me fortalecer e nadar em outras águas. Pois a vida é de passagem e é preciso mudar.
Muita oração, vigília de pensamentos, ações neutras, decisões em conjunto e mais oração, e agradecimentos por tudo o que foi conquistado, afinal nada tenho feito sozinha.

E aí que faço o paralelo com a sociedade... é fácil ser bonzinho na igreja católica, protestante, evangélica, no centro espírita e umbanda. O difícil é ser bonzinho na rua, em casa, no trabalho, no trânsito. Estar é bem diferente do ser. Crer não é saber. Falar nem sempre é fazer. Por isso meu caro, opiniões alheias não define meu caráter, não representa o que eu sou. São opiniões de ponto de vista dentro do momento que estou, pois o que sou é carregado a todos os momentos comigo, que ao serem testados em casa, na rua, no trabalho, no trânsito respondem, mas apenas para aqueles que estejam com os olhos bem abertos, pois aos que querem tudo para si e nada para o outro, ainda não consegue enxergar além do próprio umbigo.

domingo, 11 de junho de 2017

E foi com

um sopro que Deus nos deu a vida.
uma palavra que nos tornamos parte da criação.
um pensamento que fomos moldados.
um desejo de florescer que fomos aqui nascidos.

Se soubéssemos a força do desejo, dos pensamentos, das palavras e do sopro, não abusaríamos tanto da "sorte" e trabalharíamos mais com as chances e oportunidades.

Ainda nos faltam palavras.
Boa semana!
* photo Francine Prado

quarta-feira, 7 de junho de 2017

O caminho.

Larguei o pilates e fui a yoga...

Há momentos e momentos e por isso antes o que era corpo, hoje é mente.
Há dias e dias e por isso o que antes era dor, hoje é crescimento.
Há aprendizado e aprendizado, por isso o que antes era problema, hoje é oportunidade.

E assim vou traçando o meu caminho, que apenas eu posso fazer. Compartilho com muitas pessoas dispostas as vezes em crescer junto, as vezes em estacionar. Mesmo assim eu caminho. Entendendo que todos temos o nosso tempo e devemos respeitar isso. Mas é certo que uma hora chega a hora e é preciso escolher, crescer com amor ou crescer com dor.

Já cresci com dor e hoje, por vezes essa faz visita, porém é mais com o amor que caminho hoje em dia.

Penso nas pessoas que naquela época me faziam companhia, amigas, desafios, puxões de orelha. Espero que estejam bem, felizes... e que também possam torcer por mim como sempre e ainda torço por elas. Agradeço nosso tempo junto, porém assim se fez a vida. Seguimos... e tudo bem!

Namastê.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Há dias que são assim...


Há dias que nos damos conta do quanto já caminhamos e por alguns segundos respiramos e temos o prazer em sabermos vencedores, porém isso logo passa e entendemos que o caminho ainda é longo, mas que com certeza é passível de ser conquistado.

Obrigada Martha.
p.s.: foto tirada do site www.pensador.com

sexta-feira, 19 de maio de 2017

World Peace

People talk about peace or world peace but rarely do what is necessary for it.
The demands are huge and men are weak, still in the process of growing.

I finally understood that we have to ask peace in the heart of men, instead of world peace, because if men are in peace with him/herself, the world will be in peace. It changes the cause and effect. For many times we have got it wrong and see the effect as the cause and the other way round. 

So, lets ak for peace in men's hearts...and minds.

Vamos pedir paz para os corações dos homens... e mentes.

Yoga - espiritismo - budismo - energia cósmica - física

Dê o nome que quiser, desde que seja para seu auto-conhecimento e evolução.

O corpo possui limites, mas a mente não. Por isso a grande importância em dominarmos a mente para conquistarmos o mundo, principalmente o mundo interior que será responsável pela nossa libertação dos sentimentos baixos e amarras emocionais. O corpo perece e quando se esgota não mais o acompanhamos, mas a mente perpetua nosso ser e nos leva aonde queremos.

Hoje na aula de yoga:
"Para nos modificarmos é preciso primeiro nos aceitarmos." Sueli


segunda-feira, 17 de abril de 2017

O Foco da Felicidade - Happiness Focus

Português:
"Porque onde estiver o vosso tesouro ai estará também o vosso coração." Mateus, 6:21

Para muitos, felicidade é ausência de problemas. A vida passa, os problemas não se exaurem e,  para esses, a felicidade não surge.
Problemas são necessários, instigam a inteligência, depuram os sentimentos, burilam tendências, educam as potencialidades.
Grande leva de corações consideram os problemas como incômodos que não deveriam existir e os tratam de forma inadequada, gerando outros tantos problemas.
O desespero, o desânimo, a revolta, a impaciência e a raiva têm sido as reações mais observáveis ante as aferições da rotina, consumando um lastro de dores morais que mais oneram os testemunhos do crescimento individual.
Ter problemas, resgatar dívidas, passar tribulações não significam necessariamente irredutível cárcere de dor.
Todos os dias você recebe, juntamente com as dificuldades, as chances para superá-las. Ninguém está órfão de amparo e recurso.
O grande e verdadeiro problema é como você foca as provas de cada dia.
Cultive o otimismo, trabalhe sem desistir, ore suplicando forças, recorra ao sustento da amizade, descanse o necessário, cumpra o dever e aprimore suas forças espirituais, para que a "Energia Divina", plena de bençãos e soluções, penetre seu ser, fazendo-o feliz e consciente, ante todos os percalços do caminho.
Que fique claro, problemas sempre haverão, sofrer ou não sofrer é por sua conta.

Comentário: A última frase encerra qualquer adição.

English version:
"For where your treasure is, there will your heart be also." Matthew 6:21

For many, happiness is the absence of problems. Life passes, problems do not exhaust themselves, and for those, happiness does not arise.
Problems are necessary, instigating intelligence, purifying feelings, carving out tendencies, educating potentialities.
A great deal of hearts regard problems as troublesome that should not exist and treat them inadequately, generating so many problems.
Despair, discouragement, revolt, impatience, and anger have been the most observable reactions to routine measurements, consuming a barrage of moral pains that most bear witness to individual growth.
Having problems, rescuing debts, passing tribulations do not necessarily mean irreducible jail of pain.
Every day you get, along with the difficulties, the chances to overcome them. Nobody is orphan of protection and appeal.
The big, real problem is how you focus on the evidence each day.
Cultivate optimism, work without giving up, pray for strength, pray for the sustenance of friendship, rest the necessary, do your duty and improve your spiritual strength, so that "Divine Energy", full of blessings and solutions, penetrate your being, making you happy and aware, before all the mishaps of the way.
Lets make it clear, problems will always be, to suffer or not to suffer is on your own.

Comment: The last sentence ends any addition.

Visão - Sight

Português:
"Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;" Mateus, 5:8

A sua realidade é o resultado de como você relaciona-se com o mundo à sua volta.
O sentido que você dá às relações e vivências, determina sua forma de ver e entender.
Em razão disso, tomará pessoas e fatos sempre sob a ótica de seus sentimentos e sob a lente do conhecimento que você possui.
Se você está na sombra da vida, absorverá o asco vibratório com o qual asfixiará suas emoções e pensamentos.
Se você se adianta na luz, consumirá a essência vitalizada do bem.
Olhe-se com honestidade, assume para si mesmo o que sente, mergulhe em meditação sincera sem recriminação e exagero. Após o que, recolha-se na oração e prossegue dia a pós dia, ininterruptamente, perdoando-se e mirando sem receios à sua imagem no espelho da consciência.
Com o coração limpo, perceberá que Deus age em você.

Comentário: Medite para conhecer-se e assim mova-se adiante que Deus está sempre conosco.

English version:
"Blessed are the pure in heart: for they shall see God." Matthew, 5: 8

Your reality is the result of how you relate to the world around you.
The sense you give to relationships and experiences determines your way of seeing and understanding.
Because of this, you will always take people and facts from the point of view of your feelings and under the lens of knowledge that you possess.
If you are in the shadow of life, you will absorb the vibrating disgust with which you will suffocate your emotions and thoughts.
If you advance in the light, you will consume the vitalized essence of good.
Look at yourself honestly, assume for yourself what you feel, plunge into sincere meditation without recrimination and exaggeration. After that, gather in prayer and continue day after day, uninterruptedly, forgiving and looking without fear at your image in the mirror of consciousness.
With a clean heart, you will realize that God acts on you.

Comment: Meditate to know yourself and so move forward that God is always with us.

quarta-feira, 29 de março de 2017

Meditação da Rosa - Rose's Meditation

Português:
"Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e. fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto;" Mateus, 6:6

Pare um pouco e abandone a rotina. Respire um ar puro.
Mentalize uma rosa de sua escolha. Visualize a cor. Perceba as pétalas veludosas. Inspire o perfume delicado.
É Deus fazendo poesia.
É música em plena harmonia.
Agora pegue a haste com as duas mãos e leve-a ao coração e repita várias vezes: eu sou luz. Eu sou paz. Eu sou amor.
Respire profundo e relaxe sua musculatura. Mantenha-se nesse estado de pacificação por um instante, sem nada pensar.
Agora, finalize sua meditação dizendo: Pai obrigado pela sagrada rosa da vida. Obrigado Pai.

Comentário: Ainda não sabemos o verdadeiro poder da oração simples e sincera, de uma meditação... mas que possamos começar a praticar desde agora.

English version:
"But when you pray, enter into your closet and close your door, and pray to your Father who is in secret." Matthew 6: 6

Stop a little and give up the routine. Breathe in fresh air.
Mentalize a rose of your choice. Visualize the color. Perceive the velvety petals. Inhale the delicate scent.
It's God doing poetry.
It is music in full harmony.
Now take the rod with both hands and take it to the heart and repeat several times: I am light. I am peace. I am love.
Take a deep breath and relax your muscles. Stay in this state of pacification for a moment, without thinking at all.
Now, finish your meditation saying: Father thank you for the sacred rose of life. Thank you Father.

Comment: We still do not know the true power of simple and sincere prayer, of a meditation ... but we can begin to practice it from now on.

terça-feira, 21 de março de 2017

Homessexualidade

Um tema ainda polêmico... carregamos preconceitos, amarras, diretrizes que nos limitam a sermos felizes.

O verbo é simples: amar, porém seu significado transcende tudo o que conhecemos. 
O verbo é pequeno: amar, porém seu uso, sua prática, sua ação demanda extenso e contínuo esforço.

Fazendo versões voluntárias da página o consolador, revista espírita on line, pude constatar como sempre fatos "óbvios" que não eram assim tão óbvios até serem pronunciados. E um deles, em alto, claro e óbvio: " (...) homens e mulheres podem nascer homossexuais ou inter-sexos, como são suscetíveis de retomar o veículo físico na condição de mutilados ou inibidos em certos campos de manifestação, aditando que a alma reencarna, nessa ou naquela circunstância, para melhorar e aperfeiçoar-se e nunca sob a destinação do mal* (...)” by André Luiz, citado por Hugo Alvarenga Novaes

Nunca, veja o uso da palavra e o que ela reflete no universo, nunca destinado ao mal, ou seja, isso significa que sempre, veja agora o uso desta palavra, nossos destinos são sempre o bem.

Caso ocorra a deturpação da linguagem, da vida, dos méritos, das ideias provavelmente os responsáveis somos nós mesmos e não Deus.

Amar sob qualquer circunstância, não ofendê-lo com promiscuidade, honrá-lo com moralidade. Amor e não sexo. O sexo é complemento do afeto, porém, nossos desejos por vezes os querem separados, o que denegri a nossa imagem e não o valor que o amor têm e merece.

Banalizar situações nos levam a contrair dívidas as quais podemos levar séculos para quitá-las.

* o grifo é meu

domingo, 19 de março de 2017

"Foi a Lava-Jato que fez" por Renato Onofre

Reportagem desta semana na revista VEJA.

Ainda me espanto, literalmente, é espanto meu sentimento quando ouço:
- O Brasil não tem jeito... nunca vai mudar.

Pessoas esquecem que não se arruma uma casa (BAGUNÇADA) em um dia. 
Que não se limpa uma casa (IMUNDA), em um dia.

Pessoas esquecem que para mudar a cultura de um país é necessário renascer novos espíritos, mais evoluídos, pois assim como fez Moisés, caminhou por 40 anos para modificar a raça, sua cultura, suas crenças, seus pensamentos, suas ações moralistas de baixa índole e alto teor de descrença.

Pessoas ainda não preparadas para enxergar a mudança, pois isso reflete diretamente na exigência de sua própria mudança. Sair do comodismo, mudar comportamento, ações, PENSAMENTOS.

Pode ser que ainda não seja de fato eliminada a corrupção do país, da humanidade, mas que é o resultado do trabalho de muitos espíritos mais evoluímos que os que aqui ainda vivem, isso o é. Trabalho árduo de pessoas que não apenas acreditam na mudança, mas sabem que é possível mudar, desde que você seja esta mudança também.

Qual a diferença dos políticos, dos doleiros, dos laranjas envolvidos nas propinas mensalão, petrolão e de nós que damos uma "caixinha" para não receber multa, para aliviar um processo, para liberar uma queixa?!? Eles têm mais culhão que nós. Apenas isso! Pois de fato, quando alguém recebe algo ilícito para fazer algo fora da lei, é propina, é suborno, é violação de conduta.

Quer ver o mundo mudar, mude primeiro. 
Repense... 

terça-feira, 14 de março de 2017

Parte da família

Ser parte não significa realmente fazer parte.
Há quem não faz parte mas é tratado como se fosse.
Há quem é parte e não é tratado como.
Há quem faz, é tratado e não se sente.
Com certeza aquele que não faz parte e não é tratado, não se sente.

Mas fazer parte ou ser parte... qual a diferença?
Ainda não o que define quem, mas vejo que um deles é o filho e outro é a nora, um é a filha e outro é o genro. Um são os netos e outros são os famosos agregados.
Ainda que alguém da família saiu de casa para construir sua família, não deixou de ser/fazer parte. Porém aquele que chega, não é ou faz parte e por isso há brigas e discussões. Desentendimentos de "amor"? Não! O amor é coisa boa, o amor faz bem, o amor agrega, o amor desenvolve relações, não a destrói. Mas isso é o verdadeiro amor que dá asas e não gaiolas. Amor próprio, amor egoísta que só é feliz com alguém do lado... meu caro, sinto lhe dizer, reveja seu conceito de amor, reveja a sua vida pois ela não está sendo preenchida com algo que vá perdurar.

Ainda carregamos muito o meu, o seu, o nosso... no sentido de ter do que ser.

Falamos ou ouvimos sobre família universal, iremos atingir este patamar, porém levará seu tempo devido até que aprendamos enxergar quem são nossos irmãos e quem é nosso Pai.

Família... eis aqui teus irmãos.