Postagens

E eu falo: É desafiador, não difícil...

Mas ontem me rendi... em meu momento de alienação me permiti ligar a tv e assistir novela e depois BBB. Gosto de analisar o comportamento das pessoas, suas ações e reações. No entanto, gasto pouquíssimo tempo do meu dia a dia analisando as fictícias de novelas e BBB (fictícias à mim por não interagirem comigo). Prefiro as pessoas reais a mim. De qualquer forma, antes de desligar a tv já me vi em uma avalanche de pensamentos com as pessoas próximas de mim e não pude me conter, foi o difícil que me pegou, que senti, que acometeu.  Infelizmente ainda acordei com este sentimento. Difícil de deficiência emocional minha em perseverar nas ações que possam gerar alguma reação de saírem da presente inércia que parecem viver. Ufa! Cansou ao ler? Imagina o esforço no agir?! rs E conversando com o marido, pude notar ainda a cobrança pessoal que faço. Mas volto ao difícil em deixar mais leve coisas desejosas de serem diferentes devido ao tempo. Tempo que não volta, tempo que passa, tempo que consome, …

Cada um dá aquilo que pode.

Cada um oferece, oferta, dá, sem nem mesmo perceber, aquilo que pode, que têm.
Caso venha a ser algo que queira, mas que não possua, com certeza lhe foi emprestado e o repassou.

Outro dia isso ficou bem claro quando procurando meu separador de joanete (=/ ops!), ao qual eu havia perdido durante a noite, não o achava no quarto. Eu e meu marido procuramos sem sucesso, quando me virei já ao desistir de encontrá-lo, o achei! Aonde? no quarto? não! Na cozinha.
Moramos em um apartamento ao qual nossa suíte da acesso a cozinha. Pode parecer estranho mas a disposição é sensacional. Nossa cozinha cabe uma mesa de seis lugares e ainda sobra espaço ( =) ).
E momentaneamente pude sentir, literalmente sentir isso... que quando não temos algo a oferecer, não adianta procurar, insistir, espremer, teimar. Não haverá esse ganho esperado. E aí, o que se faz? Duas opções ao meu ver hoje: 1) desistir literalmente do que procura e deseja na pessoa ou 2) se encha bastante de tolerância, fé e cultive todos …

A medicação das perdas - Loss medication

Portuguese version:
E, atemorizado, escondi na terra o teu talento (...) - Mateu, 25:25

As perdas são amargos medicamentos que a vida nos aplica na recuperação de algumas doenças espirituais.
Perdemos pessoas, bens, oportunidades, caminhos, amigos, saúde física, conforto.
Acautelemo-nos com a sofreguidão, por que tudo isso, em verdade, não nos pertencia realmente.
Eduquemos, quanto possível, o entendimento. Corrijamos o pensamento e o sentimento.
A tormenta da perda só ocorre porque nos apossamos emocionalmente, criando os tentáculos do apego e a rotina do interesse.
Reciclemos as posturas nesse tema. O segredo é possuir sem ser possuído.
Quem possui aproveita as bençãos da vida sem apego.
Quem é possuído atolou-se no lamaçal da ilusão.
Cada posse no caminho é oportunidade de colocar à mostra os talentos da multiplicação, do crescimento e do progresso.
Quem teme e esconde seus talentos foi contaminado pelo fel da acomodação e se encontra convicto, em sua ilusão, de que a  vida será co…

Enfermidades - Diseases

Portuguese version:
(...) quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. - João, 8:12

Quando cuidamos corretamente do templo físico, sabemos que as doenças que surgem são efeitos provenientes de necessidades e reajustes interiores.
Se aceitamos o corretivo da dor corporal, contribuímos em ampla proporção no aproveitamento da oportunidade. Se nos rebelamos, acrescemos mais um ônus às lutas pelas quais passamos.
Enfermidade é resultado, e não castigo. Resultado de nossas manifestações perante a vida no campo do progresso da alma.
Conciliemos nossa mente com nossa enfermidade em clima de aceitação e otimismo.
Fazendo assim, estaremos a caminho da cura, mesmo que para isso não recobremos a saúde biológica desejável.
Ante a dor física que nos consome, o ânimo se abate, a fé se exaure, o coração se preenche de pessimismo. Essa é uma hora decisiva.
Busquemos a oração e entreguemo-nos ao nosso Criador, mentalizando Suas augustas mãos a nos amparar.
Perceberemos, de pronto, que a …

Cansaço Espiritual - Spiritual Tiredness

Portuguese version:
"Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei." Mateus, 11:28

As tribulações trouxeram dor e cansaço aos nossos dias?
A opção por férias e recursos atenuantes não apresentam os resultados esperados?
Talvez estejamos padecendo do cansaço do espírito, cujas pílulas da medicina humana pouco conseguem abrandar.
O remédio está na enfermaria da caridade e da espiritualização de nossas almas.
Internemo-nos em exercícios de amor ao próximo e na oração. Logo virá alívio e recomposição. Assumamos os redentores compromissos com a melhoria espiritual, e veremos as mudanças benfazejas.
Algumas vezes, quando o cansaço é de origem espiritual, o trabalho e o movimento da alma em direção ao bem constituem descanso e refazimento, luz e libertação.

Comentário: Desejamos mudanças, porém o que realmente fazemos para que isso ocorra? Sabendo que parte de nós esta mudança, então é o primeiro passo, nos observar e mudar.

English version:
"Come un…

A RELIGIÃO DO AMOR - THE RELIGION OF LOVE

Portuguese version:
"(...) e, quando ainda estava longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou. - Lucas, 15:20

A religião, em todas as épocas, é um reflexo daquilo que os homens entendem a respeito do excelso Pai. Nesse aspecto residem as raízes dos desvios humanos nesse tema: colocar o cérebro acima do coração. Entender Deus é bem diferente de sentir Deus.
Enquanto nos limitamos a colocar Deus em nossas ideais por meio de raciocínios de filosofia profunda, certamente guardaremos na alma um vazio dilacerante.
Carecemos sentir o nosso Pai Criador. Sua essência é refletida nos recessos sagrados de nossos corações através dos sentimentos elevados. Aprender a identificar e desenvolver nossa luz é o caminho para essa conexão transcendental. A leitura de nosso mundo afetivo é o diferencial de quem está em Deus, porque O sente, O entende pela emoção.
Na consciência estão escritas as Leis de Deus, e o sentimento é espelho translúci…

Ah Caio Fernando Abreu...

"Então, não perca seu tempo comigo. Eu não sou um corpo que você achou na noite. Eu não sou uma boca que precisa ser beijada por outra qualquer... Quando estiver comigo, seja todo você. Corpo e alma. Às vezes, mais alma. Às vezes, maus corpo. Mas, por favor, não me apareça pela metade."
Esse sim sabia das coisas... que saudade de ler você por aqui.