Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2011

Erro de percurso...

Imagem
Por vezes que eu acho que sou um!!

No meio de uma família relativamente numerosa, ainda no acontecimento de ser parente duas vezes dos dois lados, se não teria ainda mais para contar, hoje se soma quase 20 primOs e eu a única mulher!!

Memórias olfativas

Imagem
Todas vez e sempre quando faço uma comida, quando vou jantar fora, o prazer da degustação começa bem antes de chegar ao paladar, afinal tudo se interliga. Primeiro eu como com os olhos, depois com o olfato e por último com a boca. Tenho isso desde que me entendo por gente.

Mas sendo mais específica sobre o cheiro, esse faz uma diferença enorrrrme em minha vida. Quando aprecio a comida, as flores, o cheiro da limpeza, da grana cortada, da água banhando meu corpo, da chuva, do vento, pra mim tudo tem cheiro, bom ou ruim.

O ruim nem se fala, me dá náuseas, me enjôoa, me embrulha o estômago deliberadamente.


E correlacionar coisas, fatos, imagens, acontecimentos e memórias ao olfato é um presente de Deus para mim. Minha memória sempre foi curta referente ao passado, a minha infância, minha dolescência ou mesmo desde minha época adulta. E linkar o perfume usado em determinada ocasião, o cheiro da comida, ou o da grana cortana, me ajuda a relembrar parte da minha história.

Confesso que por veze…

Terapia do espelho

Imagem
Uma terapia que poucos tem coragem de fazer. E confesso que não sou uma dessas pessoas...

É fácil usar o espelho ao lavar o rosto e escovar os dentes,
É fácil passar pelo espelho para dar uma ajeitada no cabelo,
É fácil se perder nos detalhes do rosto ao se maquiar,
Mas é difícil se olha no espelho apenas por se olhar e tentar conhecer que tipo de alma é você!


Olhar-se no espelho é desvendar o véu da hipocrisia para si mesmo.
Observar não somente os traços do tempo, mas também as marcas do passado.
Ver sem sombras ou desculpas o que as escolhas feitas (e as não feitas) tenha nos transformado.


É uma terapia que assusta pois poucos sabem o que vai achar nesse espelho.
Mesmo um rosto conhecido, mas talvez uma alma estranha.
Mesmo um contorno bonito, mas nem sempre uma história de conquista.


Terapia do espelho,
Quem é você?
Que é você?
Qual é você?

* Menina no Espelho - Norman Rockwell

Dia seguinte do diário de bordo!

Imagem
Tomei um porre! Um não, 3 porres em um dia só...
Mas foram porres de amor.


O primeiro veio da minha genitora, minha amada e compreensiva mãe. Mesmo longe consegue transmitir seu amor, seu afeto e sua dedicação a sua cria. Arranca sorriso e me invade de alegria!

Depois tratei de eu mesma me dar um porre de cuidados, fui assistir a uma palestra do Divaldo Pereira Franco (orador espírita, responsável por diversos livros e famosas palestras), aqui em Londres. Mesmo esperando algo diferente, não deixei de aprender e adicionar aos meus neurônios coisas mais instigantes e interessantes na vida. Isso me deu novas energias.

E por último e muito delicioso, recebi um porre de amor e tremor do meu noivo. Uma noite super esperada e que foi muito gostosa, cheia de cochichos, cheia de amor, cheia de calor!!!


Ahhh esses porres... quando acontecem assim, é ainda melhor!!

Diário de bordo!

Tudo parece fora do lugar e isso me entristece.
Tudo parace meio sem nexo e isso me deixa louca.
Tudo nem parece fazer sentido e isso me deixa absorta.

Mais um trago e nada sinto.
Mais um dia e nada me satisfaz.
Mais um momento e nada me seduz.

Parece que eu estou esperando uma outra vida para fazer esta valer a pena!!
Que porre!
Ou talvez seja de um porre que eu preciso...