Convencer-se de sua própria beleza



Pegos pela leitura de um livro deixado sem querer na sala de estar, começaram a ler. E entre alguns goles de vinho tinto descobriram que o Capitãp Jordan desnudava mais do que as palavras lidas naquela noite. Sem nenhum pudor ele tirou seus óculos e disse que estava excitado. Ela sem ação apenas olhou-o e esperou. Ele se aproximou e a beijou e ela ao corresponder ao beijo esticou seu braço e apagou a luz do abajur. Ele sem rodeios foi e acendeu-o e voltou a beijá-la, ela novamente apagou e ele por outra vez acendeu. E foi aí então que ele soube que ao amá-la naquela noite deveria mostrá-la em como ela é linda a fim de convencê-la de sua própria beleza.


p.s.: mesmo preferindo as luzes acezas, por muitas vezes que preciso que me convençam da minha própria beleza.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Morte e Doença - Death and Illness

Pay it forward