quarta-feira, 7 de março de 2012

Fraquezas



Hoje os meus dedos me traíram.
Minha mente estava em ti e fui atrás de te ver.
A cada click uma foto.
Uma cena na TV e uma lembrança que nem existe.
Faces que desconheço e vejo ali tuas expressões.
Como tu consegues ser tão bonito?
Seria eu a tua exceção?
Pois por todas que te passam, nem de perto podes me comparar.

Nenhum comentário: