E foi assim, que toda uma vida coube em um cartão.




"Minha querida,

Queria te agradecer por todos estes anos de convivência, de companheirismo e de amor.
Obrigada pelos dias calorosos, que soubeste me amar com sua paixão como se eu fosse o único amor da sua vida.
Obrigada pelos dias frios, que me ensiou a crescer, me mostrou que o mundo não gira apenas ao meu redor.
Obrigada por me dar nossas maiores riquezas, sangue do nosso sangue. E mesmo que não fosse da nossa carne feito, mas que fosse do nosso amor, ainda sim seriam uma benção divina confiada a nós.
Obrigada pelos seus erros e pelas suas fraquezas, com eles pude sentir que também és humana, me mostrando que teu desejo maior semore foi o de ser amada.
Obrigada minha amada e querida mulher.
Pudesse eu preencher todo este cartão na ideia de você sentir todo o meu amor por ti!"

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Tradição

Morte e Doença - Death and Illness