"Você existe ou vive?"

"Seja você mesmo. Todas as outras personalidades já têm dono."

`Há muitas pessoas mundo afora levando uma vida que não lhes pertence, às vezes por seguir um caminho traçado pela família, às vezes por desejar atender as expectativas da sociedade.
Oscar Wilde foi um mestre do individualismo. E quando falo em individualismo não me refiro a dar as costas ao mundo, mas a se relacionar com ele de forma autêntica, sendo o que de fato você é: uma pessoa única, genuína, impossível de copiar.
Quando assumimos nosso papel, fica muito mais fácil nos movimentarmos pelos diversos cenários que o mundo proporciona a todo instante. Quando em Roma, faça como os romanos, mas não deixe de ser você mesmo.
Descobrir quem somos e quais são nossas prioridades é uma das missões da vida - provavelmente a mais importante de todas. Portanto, é preciso lutar pela própria identidade.
Como já dizia Francisco de Quevedo no século XVII: "Se puderes, vive para ti, pois, ao morreres, morrerás apenas para ti."'

Oscar Wilde para inquietos, por Allan Percy

Comentários

Afetos e Ofertas disse…
Uau!! Sem palavras, que bela reflexão, Nâna, eis uma tarefa difícil que este post nos instiga, viver pra si, sem querer dar conta de corresponder às expectativas dos outros, porque faka sério, lidar com as nossa já não é fácil!!
Muito bom...e requer um esforço diário..e nisso consiste a busca da felicidade

Nana Andrade
Nâna Pessoa disse…
Pois é minha querida, muitos escritores souberam e sabem colocar em palavras o que sentimos. E ao lermos nos deparamos com uma tarefa ainda mais dificil, pois já não mais vive em nosso subconsciente a ideia, logo, saber e não fazer é a mesma coisa que não saber... :-)
Obrigada pela viista!
bju gde
Nâna

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Morte e Doença - Death and Illness

Pay it forward