segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Tudo é um quebra cabeça

E como o próprio nome diz, você quebra a cabeça até colocar as peças em seus devidos lugares.
Tenta aqui, tenta acolá.

Vira e tenta
Troca e tenta
Olha e tenta

E por vezes que não faz sentido mas encaixa.
E quando se agrupa, a imagem que no começo se escondia diante o mosaico, toma forma.

E então você entende...
E se descobre
E quando você descobre quem você é, você sabe o que quer e enxerga do que precisa.

2 comentários:

Paula Rigato disse...

E há peças e fatos que se encaixam tão naturalmente, outras, temos que moldá-las... forçá-las... e quando não encaixam naturalmente há algo ou não algo que faz com que eles se encaixem ou se percam... e somem... e a gente sem aquela peça percebe que está faltando algo... a imagem não está completa...mas este algo pode ser preenchido pelo nada ou podemos criar outra peça e mudar o cenário...

Ao ler a coluna de Gustavo Ioschpe "Educação para quê"achei uma passagem que diz: Michelangelo entendia que o escultor não era o criador da escultura: sua função seria apenas libertá-la do bloco de mármore que a aprisonava. Ele dizia poder visualizar perfeitamente a obra acabada ao olhar para o bloco de mármore, e a sua função seria apenas "revelar aos olhos dos outros aquilo que os meus já veem".

Desta forma, entre contradições e afirmações que fazemos de nossas e outras vidas, o quebra cabeça está ali, umas vezes inteiro, montado, escancarado, outras vezes, esperando para que o mestre de nossas vidas, nós mesmos, enxergue com clareza e simplicidade que o que é necessário nem sempre é a peça que queremos encaixar... ou é... quem sabe... um eterno quebra cabeça... que pode ser o que imaginamos.. mas pode ser mais... pode ser o inimaginado... e é tão melhor o inimaginável...

Nâna Pessoa disse...

Expectativas ultrapassam a realidade, esperanças consomem o tempo e assim vamos esquecendo de viver o nosso maior presente, pensando no quebra-cabeça que pouco conseguimos visualizar... o dia de hoje!!

bbju gde
Obrigada pela visita