Porque o pra sempre, sempre acaba...


Isso na vida real, pois em meus pensamentos nunca acaba.
O pra sempre vira pra sempre mesmo.
E o que foi de ruim vira vestígios do que nunca deveria ter acontecido.
E o de bom que podia ter sido se torna palpável.

Esta semana fiquei desejosa te ti. Faz tempo que não escreves e senti falta das tuas palavras, mesmo de longe elas chegam com carinho e me arrancam um sorriso dos lábios.

Já de ti, entendi um pouco mais e agora além de não te querer mais, me sinto mais livre em te amar. Pois não te quero mais, mas hoje compreendendo mais suas escolhas e nossa história. Assim fica mais fácil te libertar.

Já você, sempre uma confusão aqui comigo. Nada combina mas tudo atrai. Não sei explicar o que tenha bambeado minhas pernas...

Vou tentar não esperar suas palavras, como vou tentar te desfazer da minha mágoa, assim como pontuarei meus pensamentos a fim de você não rondá-los.

Pronto, por hoje chega de vocês!!



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Morte e Doença - Death and Illness

Pay it forward