"Somos as escolhas que fazemos e as que omitimos." Lya Luft

Longe de mim desfazer de uma escritora com tanto gabarito como Lya Luft...


* London London

Mas hoje não quero omitir nenhuma da minhas escolhas, eu quero todas elas.
Não importa a bagagem que traga, eu quero todas.
Sem deixar nada para trás, mesmo que se faça um turbilhão, eu quero.
E como quero, e todas.

O cansaço que bateu é movimento.
A insatisfação já não é nova.
A ação é necessária.
O comodismo é convidado a se retirar.

A vida convida e eu vou aceitar.
O Universo propaga e ele corresponde.
O que era sombra se faz luz para começar um novo ciclo.
Seja bem vindo!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Morte e Doença - Death and Illness

Pay it forward