segunda-feira, 11 de novembro de 2013

"Viva a vida no seu momento" Ataliba

Assim que li a frase vi o mundo por outro prisma.
Já não acho que o mundo gira ao redor do meu umbigo. Reconheço melhor os meus erros, não questiono tanto a vida, aceito melhor o que ela me oferece etc etc etc
Já comentei que o tempo é o melhor dos aliados, que devemos fazer dele o nosso maior companheiro. Ainda sim a vida nos testa. Coloca a nossa frente pessoas que nos desafiam, mas veja, o maior responsável pela situação somos nós mesmos e o tempo. A pessoa que nos apresenta o desafio é mais um advento durante a nossa evolução. E eis que viver a vida em seu momento é permitir que as coisas aconteçam dentro do seu tempo esperado. Isso é a lei da física, fácil na teoria, difícil na prática. E caso tente viver antes, passamos ainda mais por momentos de desconforto e dificuldades. Seria como uma criança do jardim de infância querer ir para a faculdade. Essa pressa em viver... enquanto a beleza está no durante. Mas como disse, hoje faço do tempo um melhor aliado, mas ainda busco o querer fazer perfeito. Outro inimigo da beleza da vida. Tenho feito coisas que vão ao contrário da natureza de minha personalidade, por opção mesmo, mas isso não as torna fáceis, apenas consciente a escolha. E nesse momento para mim, viver a vida no seu momento é reconhecer que não preciso ser perfeita, em nenhum momento, mas preciso ser uma pessoa boa, de bom caráter, que busca o melhor pra si e para o outro, uma pessoa que aprendeu a amar mais as coisas que têm do que dar valor ao que quer. Saber aproveitar o dia pois a noite chegará de qualquer forma. E fico feliz em ter pessoas a minha volta que me mostram que não preciso ser perfeita para ser amada. Preciso apenas ser eu mesma. E isso já está bom :-)
E gostaria de dedicar este poste a algumas dessas pessoas que hoje deixam o meu jardim mais florido, escrevo por ordem de chegada:
Ao Gabriel, que foi o primeiro a colocar o espelho na minha frente e mesmo por tantos problemas, altos e baixos, caminha por aqui comigo.
A Dani flor, que no seu jeito prático e objetivo, sabe também ser doce e assim me conduz a uma vida mais colorida.
A Carol Veri, que mesmo me vendo pelo prisma da análise não me condena, me aceita e me acolhe, como toda vida deve ser preservada.
E ao Victor, que me enxerga com os olhos da alma, me sente quando permito e me respeita mesmo quando não entende, uma pessoa que me mostra que ainda tenho muito o que aprender... 
Amo tds vcs!!!

Nenhum comentário: