Cia e coragem

Aquele que segue só pode descobrir caminhos virgens e inexplorados.
Enquanto aquele que caminha junto descobre em si passos novos e inexplorados.

Por vezes caminhei só e mesmo não estando só teimo em dar alguns passos só.
E quando caminhei sem dar as mãos, o caminho parecia sem amarras, mas nem sempre seguro.
E quero caminhar junto, em equilíbrio, em harmonia, em sintonia.
Dar as mãos, quem sabe o braço, o colo, o peito, o ombro.
E por que não o corpo todo?!? 

E a coragem que carregamos quando estamos sós é diferente da coragem quando estamos juntos.
É preciso coragem para caminhar, quando só para seguir, mas quando junto para saber seguir e dividir.

O comprometimento humano é uma dádiva e comprometer-se com a vida e vida com os outros, é preciso muito mais coragem.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Tradição

Morte e Doença - Death and Illness