Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Desapegar

Estou tentando trabalhar isso em mim, o desapego.
Uma coisa não tão simples quando estamos ocupados com coisas e não preenchidos por elas.
Se me desocupo, a cabeça explode.
Os sentidos falham.
O instinto fica duvidoso.
E o prazer some.

E quando consigo fazer isso, as pessoas estranham.
Alguns reclamam, outros nem notam.
A alma se frustra.
O coração dói.
E o prazer some.

Tô fodida!! Com clareza de palavras.

Ontem minha mãe me fez um comentário extraordinário, espero jamais esquecê-lo. Apenas fiz uma observação, mas que não tira em nada o mérito do que foi dito. E aquilo me confortou, mas também me cansou. Pode não fazer sentido o que falo, me perdoem, mas não quero expor algo tão íntimo meu. Apenas compartilhar que por horas há aqueles que te olham e te vêem como você está, não necessariamente como você foi. E isso te conforta.

Vamos nos preencher...


E os homens enfaixam braços e pernas, tentando consertar um problema do coração.

Ilusão ou realidade?

E muitas vezes me pego sonhando com coisas praticamente impossíveis.
Outras possíveis mas não tão desejáveis.

A mente engana, mas traz aquilo que reflete.
A mente ilude, mas faz acontecer aquilo que desejamos.

A mente que cria, também destrói... e ao mesmo tempo.
Pois quando criamos, podemos criar a destruição.
E quando destruímos podemos criar a desilusão.

Ponto tão opostos e tão adjacentes.
Tão próximos e tão distantes.
E em qualquer ponto, tão fortes.

A mente comanda e o corpo responde.
A mente manda e o universo responde.
A mente falha e a vida responde.

E sabe quem está na responsabilidade de tudo isso?
NÓS!


não quero mais que minha ilusão comande minha realidade. não quero acordar e desejar a ilusão. não quero perecer porque a mente está no (des)controle da situação.


Consciência

"Descobri que atitudes erradas não fazem de você uma pessoa errada."

Bem, poderia concordar com a frase 100% se tomássemos como certo que não cometeríamos o mesmo erro mais de uma vez. Assim talvez posso dizer de mim, erro e bastante, mas procuro não cometer o mesmo erro duas vezes, quando até mesmo há ainda tantos para serem cometidos.

Calma lá se pensa que quero cometê-los, mas diante de uma escolha, normalmente opito pelo que não passei, pelo novo, quando no outro canto está algo que já foi feito e ao qual não tenha funcionado muito bem.

Sabe qual é o pior?!? Quando te condenam, quando não vêem a tentativa de acerto e condenam.
E quantas vezes faço isso?? Acho que sempre... mas sem ser uma desculpa, pois assim como eu, acho que todos merecemos as chances necessárias para melhorarmos, mas é o medo da dor, da expectativa reprimida, do sonho desfeito, da espera eterna, e saber que ainda não foi desta vez.

Só temo perder o que nem mesmo possuo... FÉ!

E como a vida vale apen…

A message to women and girls - Uma mensagem para mulheres e garotas

English version:
Sometimes I like watching BBC news for many reasons and this last time I've been there I was shocked.
It was reported a night in Magaluf, a city in Spain where people go generally during their vacation. Specially UK citizens, but it means "fun" for any person who looks for drugs, in mainly cases alcohol and sex. The video - http://www.bbc.co.uk/newsbeat/28264737 - is reported by two guys, they want to show how crazy things have been around there. Many young adults are interviewed and it can be seen that women complain more about not having sex than men. Sex with strangers at any place. There is also a group of guys - but not only them - that say women have been treating men as a shit and not giving the proper value to their own body, which those men have said, and I quote: "- Your body is your temple and you should take care of it." Even though people are there to have fun, there are those who respect it and those who because is there, think t…

I wish I had only half of your courage Justin...

Imagem
Or should I say madness?!??
'Cause I know that into my whole life it wasn't courage, it was madness.

Anyway, whatever it is, I wanna it. Otherwise, it looks like that I'm never gonna do something that I like. I'll stay at my square, doing stuff that I ordinary do. What I can say that for most people is something that they'd hardly do it. Trips alone, change work, life alone, change of habits etc ordinary for me, craziness for them.

Tell me how you don't fear love,
Tell me how you can accept whatever life gives to you,
Tell me how you live day by day, not caring away about your next day,
Tell me how you can free your love ones and just take what they give to you,
Tell me how you follow your heart and not give a shit for consequences,
Tell me how you can know your value, not minimizing people around you,
Tell me how we do two plus two equal four...

Justin, let me know how you do it... maybe one day I'll learn it.
Until there, keep going boy, keep going.

* Quee…

Confiança

Nem sei por onde começar...

Talvez pela máscara que me cobre e não deixe transparecer toda a insegurança que me veste.
Ou pela loucura que apresenta e que as pessoas veêm como coragem.
Nas escolhas que não foram bem escolhas, mas a opção entre o fazer e o fazer.
E quem sabe na vestimenta do meu signo e que as pessoas compram a ideia e assim o deixam.

Não sei se seriam só essas as minhas verdades que as pessoas dão risada na minha cara, quando falo que sou uma pessoa insegura. E saiba que sou. E que não é fácil adimitir e muito menos ouvir isso de quem você ama e quer ao seu lado. E mesmo essa pessoa sempre buscando te mostrar que é confiável, que você pode contar com ela, a minha insegurança atrapalha.

E vejo essa mesma insegurança em outros. Também escondida, mal vestida, de contrapartida ou a contragosto. Mas ali, de frente. E hoje entendo mais um pouco a vida. O que se segue, o que se busca, o que se deseja, o que se pode, o que se deve, o que se almeja. E todos os nãos que podemos…