Desapegar

Estou tentando trabalhar isso em mim, o desapego.
Uma coisa não tão simples quando estamos ocupados com coisas e não preenchidos por elas.
Se me desocupo, a cabeça explode.
Os sentidos falham.
O instinto fica duvidoso.
E o prazer some.

E quando consigo fazer isso, as pessoas estranham.
Alguns reclamam, outros nem notam.
A alma se frustra.
O coração dói.
E o prazer some.

Tô fodida!! Com clareza de palavras.

Ontem minha mãe me fez um comentário extraordinário, espero jamais esquecê-lo. Apenas fiz uma observação, mas que não tira em nada o mérito do que foi dito. E aquilo me confortou, mas também me cansou. Pode não fazer sentido o que falo, me perdoem, mas não quero expor algo tão íntimo meu. Apenas compartilhar que por horas há aqueles que te olham e te vêem como você está, não necessariamente como você foi. E isso te conforta.

Vamos nos preencher...
 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Morte e Doença - Death and Illness

Pay it forward