domingo, 31 de agosto de 2014

Poluição moral

Falamos tanto em não poluir o nosso planeta, reciclar objetos que usamos, e nos deparamos com a falta de moral e poluímos nosso ar com a intolerância, falta de respeito e falta de paciência.

Uma vez postei uma frase a qual descrevi perfeitamente o que eu acreditava naquele momento. O conceito em si não mudou, hoje se deu uma amplitude a frase, sendo assim, a mesma não está errada, mas apenas incompleta:
"Se você quer a paz, prepare-se para a guerra."

Antes a vida era de forma que quando desejássemos a paz, a guerra aconteceria por termos que modificar o terreno pisado e a nossa volta. Hoje vejo que a guerra é interna, já que eu quem quero a paz, eu devo mudar para que a discórdia e divisão não ocorra. Devo me prestar a situações que antes jamais me colocaria. E isso ainda diante de familiares, amigos e inimigos. Passar por momentos que possam me tachar de boba, de fraca, de pequena, de idiota. Mas aqueles que comigo reconhecem que a melhor palavra é aquela não dada e que o silêncio remete a mil palavras, sabem reconhecer na ausência de palavras, a presença de atitude. E ainda mais, dentro de mim, me manter calma e serena, sem deixar que aquele que se preparou para o confronto não me atinja, não me perturbe, não conduza os meus pés para caminhos que eu não escolho.

E sabe que estas pessoas que buscam o confronto, que seja consciente ou não, se sentem vazias quando não externado "seus corretos pontos de vista". Se sentem fora do eixo, sem saber que não estavam em nenhum momento correto no seu ponto de vista. Sim, posso assim dizer, não estavam, mas mesmo assim, mesmo eles estando errado em esbravejar, gritar e perderem ainda mais a razão, perco eu se me deixo levar por esta atitude e correspondo igualmente. Perco a guerra comigo mesma travada e conclamada.

Mais uma vez falo do meu desafio... e mais uma vez convido a todos que desejam o bem a evitar esta poluição moral que nos cerca, que nos infecciona, que nos conduz a atitudes baixas e mesquinhas. É sempre fácil falar dos outros, quero ver é ter a atitude em si, comprar a briga e não desanimar. Vamos a luta em nos limpar moralmente??




Nenhum comentário: