Settle for the butterflies.

Pontos que nos param na vida, me faz refletir quase que todos os dias. Mesmo que seja por um segundo, ou uma noite inteira.

Pessoas passam por nossas vidas, alguns dizem que isso acontece porque temos algum dever com elas ou vice-versa. Não saberia dizer o quanto acredito em destino, ou o quanto de livre-arbítrio eu mando. Soh sei que não estou soh... mesmo por vezes me sentir assim.

E ei de concordar, não devemos nos acomodar por menos do que as borboletas, que vivem em transformação ateh o dia que morrem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Morte e Doença - Death and Illness

Pay it forward