segunda-feira, 9 de março de 2015

Divergente

E o que antes era pausa de preocupação, hoje é mudança.
O que antes era medo, hoje é conhecimento.
O que antes era o desconhecido, hoje é o novo.
O que antes era o conhecido, hoje é passado.
O que antes era o belo, hoje é o supérfluo.
O que antes era necessário, hoje é ausência.
O que antes era útil, hoje é desuso.
O que antes era bobagem, hoje é essencial.
O que antes me fazia ser o patinho feio, hoje é o que me ilumina.
E divergir é ser a si mesmo...
E estou cada vez mais divergindo.

Nenhum comentário: