O mal que de ser exterminado

A melhor forma em se livrar de algo é a sua exterminação.
Jogar fora apenas não significa que tenha se livrado.
Atirar ao abismo não significa que deixou de existir.

Quando deixa de existir é que passou de um estado inquietando para um momento de tranquilidade.
Quando se joga fora, ainda há aqueles que o pegam pelo caminho.
Quando se atira no abismo, sua sombra ainda está lá, seus destroços ainda permanecem por um longo período.

Exterminar é a palavra, é o ideal, é o modelo no momento.
Jogar fora é saber que ainda existe.
Atirar no abismo é ainda ter medo e por vezes dar uma inclinada para ver se ainda está morto o que não morre.

Exterminação do que me faz mal, do que me prejudica, do que por hora ainda é um treino para minha rotina, até que em um determinado momento, passará a ser meu estado presente.
E que comece agora...

Comentários

Edson Carmo disse…
Se livrar de algo ou de alguém não se resume em jogar fora ou ir para longe. Se ficar na lembrança, nada disto adianta.

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Morte e Doença - Death and Illness

Pay it forward