Do que falam que salva

Perdoar.
Uma palavra como outra qualquer com maior responsabilidade a quem sabe o que significa.
Ainda tão pequenos e pouco esclarecidos para viabilizar a ação.
Talvez uma ideia do possível. Um sonho da realização.
Fala que quem ama perdoa. 
Mas ainda falam tanto e fazem tão pouco,
Sim, aquele que faz o bem é o primeiro que recebe o bem.
Perdoar é preciso. Perdoar é necessário.
E aí hoje pensei, aquele que realmente sabe perdoar, sabe perdoar a todos ou a tudo?
Aquele que já perdoou alguma vez, se julgou maior que outros?
E quando conseguirmos perdoar, será cada ato de uma vez ou aquela avalanche de conhecimento?
Não sei se foi o perdão ou a aceitação, mas já não me culpo mais por algumas coisas. Outras aprendi a respeitar, outras a ver de forma diferente. Qual é a verdade, ainda não sei, mas sei que neste ínterim quero ser feliz, não deixar de ter problemas, mas aprender a lidar com eles. A confiar e não acusar.
Tantas coisas...
Enfim, faço de bom grado, e quando não faço, sei que estou errada e o peito grita, dói... e forço o quanto posso a fazer, mesmo que me sinta contrariada, pois sei que ali estou a aprender. E peço e rogo a Deus, por favor, que eu seja merecedora de virtudes, mas me livrai de qualquer uma delas se ainda me atrair mais diferença do que entendimento. Me livrai do mal quando não posso vê-lo. Me ensina a tomar conta do caminho, pois é a jornada que traz felicidade. Zele pelos meus queridos, por todos eles... e que um dia, eu possa perdoar ou simplesmente entender melhor o todo da ignorância.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Tradição

Morte e Doença - Death and Illness