terça-feira, 18 de agosto de 2015

É pelo comportamento

É pelo tempo, pelo comportamento, pelo exemplo.
Não é somente pela palavra, pela promessa, pela compreensão.

Antigamente, os ricos eram tidos como exemplos de vida, de almejo, de objetivo de vida.
Com o passar dos anos, das décadas, as pessoas ficaram cansadas de disfarçar o que acontecia em qualquer classe social. Assim, as pessoas menos favorecidas financeiramente viam que até aqueles que eram invejados cometiam os mesmos erros, os mesmos pecados. Se inverteram valores, ou por certo, se mostraram os valores que cada carregava nos corações. Aqueles com poucas opções passaram a ganhar mais espaço, mais ganho, mais vida, mais peso, mais conhecimento. Aqueles que de berço de ouro, pouco galgaram a mais ou o mesmo que os seus pais. E os valores ainda caminhando na contra-mão.
Hoje em dia, sendo rico ou pobre, é pelo exemplo, pela conduta, pelo comportamento que nos tornamos ricos no prazer, na moral, na felicidade. Sendo reconhecidos pelo bem que carregamos na alma. Infelizmente há ainda aqueles que não enxergam possibilidades na vida. Se entregam a morte vivida, as vezes a morte morrida ou a morte matada.
Vemos pais serem negligentes com seus filhos.
Vemos filhos serem desrespeitosos com seus pais.
E viver em comunidade é difícil.

Mas é na passagem do tempo, no exemplo de conduta, na permanência do comportamento que conseguiremos mudar o mundo. E ainda que desejos de conversar, é na perseverança das ações que conseguimos alterar o curso da nossa jornada.

E assim caminha a humanidade.

Nenhum comentário: