Boa noite!

Eu seguia pela rua sem direção. Lágrimas persistiam em embaçar meu olhar. O coração apertado dificultava minha respiração.
Ao passar em frente de uma bela casa, seu jardim me chamou a atenção. Eram margaridas. Elas pareciam sorris para mim. Esbocei um sorriso, como que respondendo a elas.
Sem me dar conta comecei a desabafar minha dor, a dor que a morte me causou, levando alguém que eu tanto amo.
Engraçado, parecia que elas me respondiam e eu ouvi dizer:
"Entendemos suas lágrimas, Olhe para nós! Olhe para nossas pétalas brancas e frescas! Porém, se você notar, entre nós algumas já estão perdendo suas pétalas, estão murchando; já perderam todas, morreram. Estamos tristes por isso? Não! Sabemos que nossas pétalas também cairão. Mas o nosso jardineiro, carinhosamente, irá nos replantar e novamente vamos florir. Assim é a vida! Por isso, viva feliz enquanto suas "pétalas" estão viçosas."

Acordei!
Abri os olhos.
Estava sonhando.
O sol já presente.
Levantei - me.
A dor amenizara.

Dei graças pela minha vida e por sentir confiante em que o Jardineiro do Universo está cuidando de todos nós,

Valquíria - Lírio Branco, 02/06/2016

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Morte e Doença - Death and Illness

Pay it forward