Pressões Psíquicas e Autoconhecimento - Psychical Pressure and Self Knowledge

Português:
"Porque do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos (...)." Marcos, 7:21

Nas experiências de pressões psíquicas, passados os momentos de maior assédio, será oportuno investigar as causas de semelhantes ocorrências em si mesmo.
Através de sincero autoexame, verifique quais os pontos morais e mentais podem ter servido de conexão com as mentes em desalinho. Tal aferição dilatará o seu discernimento.
Você perceberá que as tormentas obsessivas são convites autênticos de autoconhecimento e ocasião para a solidariedade com quantos ainda carregam afinidades com suas próprias mazelas.
As pressões vêm de fora, mas a obsessão, invariavelmente, nasce de dentro, através dos pontos ainda obscuros de sua personalidade. Faça luz sobre sua sombra e descubra estes pontos em favor da melhoria de seus estados interiores.
A obsessão é, sem dúvida, um espelho fiel de você mesmo.

Comentário:
Que maravilhoso texto, autoexplicativo de nossos passos dados. O autoexame, fiel, sem véu, sem julgamento, mas com resultado, podemos avaliar nossos próximos passos. O mundo dos espíritos é este e todos os outros. Não tomamos a importância da influência espiritual que sofremos CONSTANTEMENTE. Apenas precisamos selecionar quem deve nos seguir. Há uma passagem no famoso livro que virou filme, COMER, AMAR, REZAR, que fala que devemos tomar cuidado com nossos pensamentos da mesma forma que tomamos com as nossas roupas. Da mesma forma que selecionamos o que vestir, devemos também selecionar o que pensar. Esta metáfora é perfeita. E se por ventura a roupa/pensamento se suja, devemos fazer sua devida limpeza. Fantástico! E se nos melhorarmos, consequentemente, atrairemos melhores irmãos, mais elevados e estaremos mais protegidos e menos pré-dispostos a obsessão. Sensacional o texto...

English version:
"Because the inside of the heart of men, proceed evil thoughts (...)." Mark 7:21

The experiences of psychic pressures, past the moments of harassment, it would be appropriate to investigate the causes of similar occurrences in itself.
Through honest self-examination, verify which mental and moral points may have served to connect with the minds in disarray. Such assessment dilate your judgment.
You'll notice that the obsessional storms are authentic invitations to self-knowledge and opportunity for solidarity with how many still bear affinities with their own ills.
The pressures come from outside, but the obsession invariably comes from within, through the points still unclear of your personality. Shed light on your shadow and discover these points in favor of the improvement of your internal states.
Obsession is undoubtedly a faithful mirror of yourself.

Comment:
What a wonderful text, self-explanatory to our steps. The self-examination, faithful, without veil, without judgment, but with a result, we can evaluate our next steps. The spirit world is this and all others. We do not take the importance of spiritual influence we suffer CONSTANTLY. We just need to select who should follow us. There is a passage in the famous book turned movie, EAT, LOVE, PRAY, which says that we must be careful with our thoughts the same way we do with our clothes. Similarly we select what to wear, we must also select what to think. This metaphor is perfect. And if perchance clothing /thought gets dirty, we must do its due cleaning. Fantastic! And if we improve, accordingly, we will attract the best brothers, higher ones and be more protected and less predisposed to obsession. Sensational text ...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Morte e Doença - Death and Illness

Pay it forward