Por que Precisamos da Dor? - Why do We Need the Pain?

Português:
"É necessário que eu diminua e o Cristo cresça." João Batista, 3:30

Eis algumas respostas à indagação acima:
Antídoto de muitos males.
Formadora de novos hábitos.
Indicadora eficaz do encontro consigo mesmo.
Ressarcimento perante a consciência.
Fornalha renovadora das densas energias da culpa.
A dor é a mestra insubstituível que o arroja, qual as ondas do mar, nos rochedos do sofrimento, sobretudo para que você descubra a extensão da sua falibilidade perante a vida.
Reconhecendo seus limites, aceitará de bom grado caminhar de mãos dadas com o Pai, destituído de pretensões que consomem seus atos em lamentáveis crises de orgulho, quando você supões poder realmente mais do que realmente pode.
Se você aprender essa lição, estará apto e aprovado, ante as Leis Divinas, a navegar no mar da vida em segura embarcação de paz interior, guiado pelo benfazejo farol da misericórdia.

Comentário: "O corpo fala." Então escute-o.

English version:
"It is necessary that I must decrease and Christ grow." John the Baptist, 3:30

Here are some answers to the question above:
Antidote many evils.
Forming new habits.
Effective indicator of the meeting yourself.
Redress before consciousness.
Furnace renewing the dense energies of guilt.
Pain is the irreplaceable master which throws, whith the waves of the sea, the suffering of the cliffs, above all for you to discover the extent of your fallibility before life.
Recognizing your limits, you will accept gladly go hand in hand with the Father, devoid of pretensions that consume your actions in pitiful pride of crises, when you suppose do more than you really can do.
If you learn this lesson, you will be fit and approved before the Divine Laws, navigate the sea of life in safe vessel of inner peace, guided by the beneficent light of mercy.

Comment: "The body speaks." So listen to it.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Tradição

Morte e Doença - Death and Illness