Perdas - Losses

Português:
"Mas ajuntai tesouros no céu..." Mateus, 6:20

Mesmo guardando prudência e moderação, você será convocado ao aprendizado do desapego. Na condição de usufrutuário passageiro das bençãos que o felicitam, você não obterá certidão de posse definitiva sobre nenhum de seus bens ou vínculos afetivos.
Não existem perdas reais no universo, porque nada pertence a ninguém.
Quando a vida convidar você às necessárias renovações, ainda que sofra dolorosa cirurgia do desprendimento, mantenha-se no controle de si mesmo,
Hoje é o filho que muda, amanhã um vínculo que parte, depois é um bem surrupiado, mais além o emprego é retirado.
Guarda calma e equilíbrio para que entenda o "recado" de Deus endereçado a você, nas alterações a que a existência o conclama, por via da perda.
As dores das perdas são preciosos receituários contra as ilusões que carregamos. São mudanças necessárias, visando ao caminho das conquistas que legitimamente pertencem a você no reino profundo e particular de sua alma.

Comentário: Mas não somos donos nem de nós mesmos... pois a Deus nós também pertencemos. E tudo passa tão depressa...

English version:
"But lay up for yourselves treasures in heaven ..." Matthew 6:20

Even keeping prudence and moderation, you will be summoned to the learning of detachment. Provided usufructuary passenger of blessings that compliment, you will not get final possession certificate on any of your property or emotional ties.
There are no actual losses in the universe, because nothing belongs to anyone.
When life invites you to the necessary renovations, still suffering painful surgery of detachment, stay in control of yourself,
Today is the child that moves out tomorrow a bond that part, then it is a well filched, further employment is taken.
Guard calm and balance to understand the "message" of God addressed to you, the changes that the existence of the calls, through the loss.
The pain of loss is precious prescriptions against the illusions we carry. Changes are needed, in order to track the achievements that rightfully belong to you in deep and particular realm of his soul.

Comment: But we do not even own ourselves ... because God we also belong to. And everything flies so fast...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Tradição

Morte e Doença - Death and Illness