Algemas no Lar - Handcuffs at Home

Português:
"O reino de Deus não vem com aparência exterior." Lucas, 17:20

Ante o ideal inflamante em seu íntimo, atraindo-o para a devoção e o auxílio nas frentes de solidariedade e orientação, ocorre a você um lance singular, impelindo-o ao desânimo e à revolta.
São as algemas da família, que ainda não partilha com você as sendas nas trilhas de espiritualização.
Parece-lhe, em algumas ocasiões, que embora se situe no campo de serviço, é como se fosse fios longos o mantivessem no cativeiro da retaguarda.
Tenha calma e faça o que puder, sabendo que a leira do lar é a semeadura de ontem, retribuindo os frutos plantados por suas mãos.
Jamais abandone o posto do dever nos roteiros sagrados da conduta reta perante a própria consciência.
Tenha lucidez, ore, imponha-se com o exemplo da fraternidade e conceda ao tempo a chance de ajustar suas lutas.
Acima de tudo, exemplificar sua mudança nas lições de autoburilamento e, pouco a pouco, alcançará estágios mais compensadores ante os seus laços consanguíneos.
Lembre-se que as algemas da parentela são limites de segurança em favor de seu equilíbrio.
Paulatinamente, você encontrará as chaves da conscientização que o conduzirá aos deveres existenciais, sem a imposição das provas exteriores, libertando-se das imposições íntimas que, em verdade, são as únicas raízes de nossa infelicidade pessoal.

Comentário: Se por ventura nossas palavras não são ouvidas, que possamos dar nosso exemplo como testemunho de mudança e se ainda sim, se façam cegos, que tenhamos a tolerância, o respeito, o carinho e a compreensão que nem todos estão na mesma margem de entendimento... seguimos que mais adiante iremos nos encontrar.

English version:
"The kingdom of God cometh not with observation." Luke 17:20

Before the inflamante ideal in your heart, drawing you to the devotion and assistance in solidarity and guidance fronts occurs to you a unique bid, urging you to despondency and revolt.
There are the family's handcuffs, which it still does not share with you the paths in spiritualisation trails.
It seems to you, on occasion, that although it is within the field of service, it's like long strands to keep in captivity rear.
Be calm and do what you can, knowing that the windrow home is sowing of yesterday, returning the fruits planted by your hands.
Never leave the post of duty in the holy scripts of right conduct before the conscience.
Keep lucidity, pray, lay with the example of brotherhood and grant the time the chance to adjust their struggles.
Above all, exemplify your change in self-imrpovement lessons and, little by little, you will reach more rewarding stages before your consanguineous ties.
Remember that the bonds of kinship are safety limits in favor of your balance.
Gradually, you will find the keys of awareness which it will lead to existential duties without the imposition of external tests, freeing up the intimate impositions, in fact, they are the only roots of our personal unhappiness.


Comment: If perchance our words are not heard, we can give our example as a change in testimony and yet, if they can't see it, we should have tolerance, respect, affection and understanding that not everyone is in the same understanding edge... we follow that later we will meet.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Entender vs. Compreender

Morte e Doença - Death and Illness

Pay it forward