segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Os direitos deles

Recém casada se defronta com questões diárias passadas de geração a geração, sem grandes questionamentos ou mudanças bruscas. Porém os direitos das mulheres têm sido foco de discussão constante, em empresas, divisão de tarefas com os filhos, profissão que deve seguir, mas qual dos direitos dos homens que lhe foram tirados, ou jamais imbuídos e são negados...?
Como por exemplo o cuidar de seu lar e de sua casa, ou de cozinhar na rotina do dia a dia, ou cuidar dos filhos (dar banho, escovar os cabelos da filha, escolher adequadamente as roupas que devem vestir).
Direitos de qualquer homem assim como de qualquer mulher.
Caso o homem more sozinho, talvez pague por uma empregada, mas se casa, talvez repense, pois casou e a mãe quem cuidava da casa e dos filhos, ou seja, a mulher empreendedora que ele conheceu, namorou e se casou, deveria se tornar na sua mãe?! Ou continuar sendo a pessoa por quem ele se apaixonou? A responsabilidade é dos dois - sempre -, com exceções quando há um acordo entre as partes que cada um divida as tarefas mais por suas habilidades do que por gerações e gerações que fazem desta maneira, que reclamam e pouco fazem para mudar.
Como disse Fernanda D'Umbra; "Os homens só não podem fazer duas coisas: gestar e amamentar. Todo o resto - cuidar de si mesmo, dos filhos, da casa, dos pais, do corpo - são seus direitos e devem ser exercidos."
Exercidos e não obrigados, por isso meus caros, aprendam, quando a esposa for humilde o suficiente em lhe pedir ajuda entenda, não é apenas por aquela hora ou aquele dia, prolongue-se e faça sempre que puder, não espere pedir, pois o fato de pedirmos ajuda, seria aceitar a condição de que o serviço seria apenas nosso e que não estamos dando conta, o que dificilmente acontece. Porém, assim como vocês, estamos aprendendo a sermos sóbrias em dividir o que por direito e dever também lhes pertence. O que para muitas mulheres é um trabalho pessoal gigante em dividir tarefas. Mulheres, aprendam a dividir suas responsabilidades, pois não são apenas nossas. E todos, por favor, sejam sempre gentis, sempre. Ainda mais quando o amor estiver sendo servido, principalmente quando o carinho e o respeito fazerem parte da rotina.
Pois a rotina pode matar ou florescer. Depende com que você rega. 
Ser independente é uma coisa excelente. Mas ser completamente independente não há palavras...E é esse sentimento que devemos compartilhar para que a felicidade impere em nossas vidas.

Nenhum comentário: