Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2017

Bom vs Mau

O que é ser bom e o que é ser mau?
Até então achava que quem era mau, era o que fazia coisas más. Assim como quem era bom fazia coisas boas.
Porém, ainda bem que na busca do conhecimento nos abrimos a aprendermos cada vez mais e espero que sempre quando for necessário.

"Mau é quando queremos o bem apenas para nós mesmos. Bom é quando queremos o bem para nós mesmos e para os outros."

Simples assim.
Anotado!

Já é passado da hora em sermos bons e assim permanecermos bons. Conquistar nosso intelecto e firmá-lo como parte de nosso ser.

Boa vontade

Grande parte ou tudo, pode-se dizer baseia nessa ação ou sentimento ou detalhe.
Ter boa vontade para acordar... sim, isso deve ser visto desde muito cedo.
Ter boa vontade para agradecer a noite de sono bom ou não. Afinal quem define meu sono sou eu.
Ter boa vontade para se arrumar, se lavar, tomar café da manhã em companhia da família.
Ter boa vontade em ir trabalhar. Já gerando uma energia positiva para o dia.
Ter boa vontade de trabalhar. Pois ninguém merece cara feia no local ao qual passa-se muito tempo do dia, semana, mês, ano, da vida...
Ter boa vontade em socializar. Ninguém é obrigado a se relacionar, porém viver em sociedade já é uma obrigação.
Ter boa vontade em cumprir com as obrigações de vida. Pagar contas, fazer compras, arrumar a casa. Ter boa vontade em agradecer de novo por ter um emprego, uma família, uma casa, saúde.
Ter boa vontade em se relacionar com os amigos, já que é de nossa escolha com quem dividir a vida.
Ter boa vontade em se relacionar com a família. Prim…

Planejamento

Quando se planeja alguma coisa, normalmente pensamos de forma quadrada pois achamos que temos o controle e sabedoria das pessoas e suas ações. E deliciosamente vem a vida e nos mostra que ela é redonda.
Ainda que possamos ver o círculo, nem sempre, possivelmente quase nunca enxergamos o adiante do hoje, foi sendo um círculo, é como a curva de uma rodovia que pouco ou quase nada se consegue ver.
Pois é, essa é a vida. E tudo bem... é bom sermos surpreendidos, pois isso é a vida a nos ensinar. E tudo bem... pois mostra que estamos no nosso propósito em aprender.
Problema seria, e é, quando não aceitamos do pouco controle que temos, o que é conhecido que é apenas de nós mesmo e olhe lá. Pois quantas vezes ainda perdemos esse controle que só a nós é dado a responsabilidade em conduzi-lo? O engano está em achar que controlamos a reação ou ação do outro. E que ele é responsável pela nossa. Que inteiro engano meu caro, minha cara. É completamente ao contrário... somos portadores exclusivamen…

"Eu amei te ver."

Imagem
O que ampara a alma?
A calma ou a palma?

O que alimenta o corpo?
O copo ou o poço?

O que alimenta o amor?
O odor ou o divisor?

O que alimenta o tesão?
A flexão ou a reflexão?

Sim, por um lado a compreensão, por outro a confusão.
Sim, por um momento a calmaria, por outro o tormento.
Sim, por hora a dúvida, por outra nem dúvida nem certeza.
Sim, por hoje a pergunta, por amanhã outra pergunta.
Sim, por esta vida uma melhora, e pelas demais, também.


"Se eu for falar de deficiência...

Paralítico é aquele que não consegue andar em direção do seu próximo.
Cego é quem não vê seu irmão morrer de fome e de frio.
Surdo, quem não têm tempo de ouvir o apelo do desabafo de um amigo e de um irmão.
Anão é quem não deixa o amor crescer dentro do coração.
Diabético é quem não sabe ser doce.
Louco é quem não consegue ser feliz com o que possui.
E a pior da deficiência é ser miserável. 
Por que todo miserável é aquele que não acredita em Deus.
E você acredita."
Autoria desconhecida.



Sofrer por antecipação

Ansiedade.
Nervosismo.
Insegurança.
Preocupação.

Pode-se dar diversos nomes para o mesmo mal. Falta de fé. Isso mesmo, pois ainda que a pessoa não se reconheça religiosa, porém é tranquila, segura, despreocupada, é a fé em si que fala mais alto, independente e indiferente do que pensa ou acredita. Pois Deus acompanha todos os seus filhos, acreditando Nele ou não.

E hoje ouvi a máxima: "Por que sofrer por alguma coisa que vai terminar da forma que deve de qualquer jeito?"

E é realmente isso. Óbvio que não é a lei do mínimo esforço ou não batalhar pelo que se quer. É saber que tenha-se feito o quanto foi possível no que lhe cabe, no que lhe é responsabilidade, no que não interfira no equilíbrio do mundo (o mais difícil em saber, no meu ponto de vista). E deixar que o tempo, Deus, a situação, o dia a dia, respondam e trabalhem para que as coisas fluam como assim deve ser.

Pois nem sempre ajudar o outro ou lhe aliviar a dificuldade de hoje, seja uma coisa boa. Pois lá na frente …